"O amor cura tudo", M. Klein.
O amor incondicional, a contingência que damos e recebemos é aquilo que nos faz sentir o quanto somos importantes.
"O amor pela palavra"

sexta-feira, 22 de julho de 2011

A Insustentável leveza do ser, Milan Kundera

Partilho aqui algumas frases deste livro tão marcante e envolvente que aconselho a ler.
Servem as mesmas para sentirem e pensarem sobre elas...

"Mesmo nossa própria dor não é tão pesada como a dor co-sentida com outro, pelo outro, no lugar do outro, multiplicada pela imaginação, prolongada em centenas de ecos"

"O mito do eterno retorno nos diz por antecipação que nós só vivemos uma vez, e sem repetições, portanto, nunca poderemos comparar uma situação com outra."
"A vida humana acontece só uma vez, e não poderemos jamais verificar qual seria a boa ou a má decisão, porque, em todas as situações, só podemos decidir uma vez. Não nos são dadas uma primeira, segunda, terceira ou quarta chance para que possamos comparar decisões diferentes"
 
"Nunca se poderá determinar com certeza em que medida nosso relacionamento com o outro é o resultado de nossos sentimentos, de nosso amor, de nosso não-amor, de nossa complacência, ou de nosso ódio, e em que medida ele é determinado de saída pelas relações de força entre os indivíduos. A verdadeira bondade do homem só pode se manifestar com toda a pureza, com toda a liberdade, em relação àqueles que não representam nenhuma força".
"Sentiu um peso, mas não era o peso do fardo e sim da insustentável leveza do ser".

2 comentários:

Sandra Tavares disse...

A insustentável leveza do ser levou-me numa viagem patrocinada por ti :P que jamais vou esquecer...

Quem somos, porque somos, como agimos, quem procuramos, como sentimos... Estas e tantas outras questões são arrastadas de dentro de nós para as páginas daquele livro, como se todos revíssemos a nossa busca nas outras buscas... em cada universo.

Boa viagem na blogosesfera Amiga, trazes uma opinião rica e vai ser bom refelctir a par contigo.


mil beijinhos

Frederico Cepa disse...

Bem vindo á blogosfera Maguie...
Parabéns!!!
Espero muitos e bons posts :)
Bjs

P.S já disse sandra e a unica coisa que não concordo é o nome... mas vá... hihihi